contato@baumier.com.br
| Phone: +55 11 4332 3280 | Fax: +55 11 4332 7640

Contato
1000 characters left
Select

 Soluções em Cyber Security e Comunicação Industrial   

14 Novembro 2018

Novembro Azul

Um mês de conscientização, mas todo o ano para prevenção!

O Novembro Azul, é uma campanha para conscientizar sobre a importância da prevenção ao câncer de próstata.

Responsável por 68 mil casos ao ano, equivalente a um estádio de futebol lotado, este mal acomete os homens a partir dos 45 anos de idade.

Por isso a importância de realizar exames periódicos com o urologista para detectar se há alguma anormalidade na próstata.

Para conscientizar aos nossos colaboradores, convidamos a todos virem de Azul, e distribuímos um pequeno folheto com informações de sintomas da doença e algumas dicas de prevenção.

Sintomas:

Na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas e quando alguns sinais começam a aparecer, cerca de 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura. Na fase avançada, os sintomas são:

• dor óssea;

• dores ao urinar;

• vontade de urinar com frequência;

• vontade de urinar com frequência; 

• presença de sangue na urina e/ou no sêmen.

Fatores de risco:

• histórico familiar de câncer de próstata: pai, irmão e tio;

• raça: homens negros sofrem maior incidência deste tipo de câncer;

• obesidade.

Prevenção e tratamento:

A única forma de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce. Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, devem ir ao urologista para conversar sobre o exame de toque retal, que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos, e sobre o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico).

Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal. Outros exames poderão ser solicitados se houver suspeita de câncer de próstata.

A indicação da melhor forma de tratamento vai depender de vários aspectos, como estado de saúde atual, estadiamento da doença e expectativa de vida. Em casos de tumores de baixa agressividade há a opção da vigilância ativa, na qual periodicamente se faz um monitoramento da evolução da doença intervindo se houver progressão da mesma.

Toda informação pode ser útil

As informações podem auxiliar para alertar seus pais, esposos, filhos e amigos, e também a auto conscientização para estar atento à sua própria saúde.

Cursos e Treinamentos Certificados, aprimore seus conhecimentos !